Sentiu aí?

2017 começou com um terremoto. Um tremor que marcava 4.6 na escala Richter teve seu epicentro próximo dos municípios de  Presidente Vargas e Vargem Grande, no Maranhão. O tremor foi suficientemente forte não só para ser sentido na capital do estado, que fica há 85 km dali, como também a de um estado vizinho, mesmo com Teresina estando a quase 215 km de distância.

Não demorou para o assunto tomar a internet e é justamente usando a web que pesquisadores estão tentando entender a extensão desse tremor. O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo está usando um mapa colaborativo para traçar o impacto do terremoto.

A plataforma, apelidado de Sentiu aí? está no ar desde abril do ano passado, e vem sendo usada para complementar a base de dados brasileira de tremores. “Hoje temos uma rede sismográfica no Brasil. São 80 estações atreladas a centros  da USP, Observatório Nacional, UnB e UFRN, mas há locais em que a cobertura não é tão grande. Então, esse tipo de ferramenta ajuda a cobrir esses buracos”, afirma Jackson Calhau, analista no Centro de Sismologia da USP.

(Fonte: Revista Super Interessante)

- Advertisement -

Deixe uma resposta